Tudo sobre Tomar e arredores
Comentar
Publicado por Luís Ribeiro, em 22.01.09 às 18:49Link do artigo | favorito

Pequena igreja basilical de três naves destinada a capela funerária de D. João III, o rei que ordenou a sua construção em 1547.
Concebido por João de Castilho, este belo exemplar do classicismo italiano é a melhor evocação da arte greco-romana na Península Ibérica.
Destaca-se a implementação urbana florentina, a sobriedade austera das proporções, as janelas perspectivadas segundo a orientação solar e, no interior, a articulação dos volumes entre as naves e o transepto, a vibração dramática da iluminação natural e a decoração coríntia dos capitéis.
C.M.T.

 


pesquisar
 
Descobertas arquivadas
pesquisar
 
Sobre mim
blogs SAPO