Tudo sobre Tomar e arredores
Comentar
Publicado por Luís Ribeiro, em 04.02.09 às 20:04Link do artigo | | favorito

A Ponte Velha ou Ponte de D.Manuel é de origem romana, localiza-se junto à Igreja e Convento de Santa Iria e é um dos acessos ao centro histórico da cidade de Tomar.

A Ponte de D. Manuel foi sujeita a várias obras de recuperação, a primeira no ano de 1480, depois em 1550 devido ás cheias, D. João V em 1710 mandou construir guardas e por fim, já no século XX voltou a sofrer obras de restauro.

 


Caiano Silvestre a 4 de Fevereiro de 2009 às 22:19
É neste que há algo truncado.

Luís Ribeiro a 4 de Fevereiro de 2009 às 23:12
Provavelmente há em todos Alfredo.
Apesar de ser autóctone de Tomar, desconhecia uma grande parte de tudo referente à cidade. Há cerca de 3 anos para cá, é que comecei a aprofundar os meus conhecimentos, andando ainda e por muito mais tempo em diante, a descobrir Tomar.
Em relação aos textos deste blogue, a base é a que encontro na Internet, por isso provavelmente poderá até haver erros.

Vou tentar descobrir o que aqui falta, depois o actualizarei.

Obrigado pela "nota", Alfredo.

Caiano Silvestre a 4 de Fevereiro de 2009 às 23:36
Ó Luis.

Atenta na frase "D. João V em 1710 mandou construir guardas e por fim no século XX."

Falta qualquer coisa não falta?

Caiano Silvestre a 5 de Fevereiro de 2009 às 15:49
Tem andado aqui a moer-me e vou então desabafar.

Não gosto de mal-entendidos.

Eu, caro amigo, nunca, mas nunca me refiro ao quanto as pessoas sabem ou não sabem, ao quanto as pessoas se dedicam ou não ou ao quanto são inteligentes.

Procuro, quando tal se porporciona, dar o meu contributo. Por vezes, sei que pode ser defeito, sou demasiado conciso e não dou de imediato todas as pistas para aquilo que considero incorrecto, impreciso e/ou incompleto. Foi o caso. Não queria de modo nenhum fazer juízo de valor, fazer alarde dos meus conhecimentos ou ferir susceptibilidades.

Apresento pois minhas desculpas.

(Apenas porque notei um tom azedo nas suas palavras.)

Luís Ribeiro a 5 de Fevereiro de 2009 às 17:20
Olá Alfredo

Peço desculpa se o que escrevi parecia em tom de azedo, mas garanto-lhe que não o era.
E para mais, só lhe tenho a agradecer a si e a quem me corrigir ou dizer que algo está incompleto.
O Alfredo não tem que pedir desculpas por nada, pois não fez nada de errado, antes pelo contrário.

Mais uma vez obrigado por ter dado conta da falha

Tempo em Tomar
pesquisar
 
Twitter
Descobertas arquivadas
pesquisar
 
Sobre mim
Technorati
Add to Technorati Favorites
Twingly
Twingly BlogRank
PT Moblig
Top de Blogues
blogs SAPO